quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Campeonato Sul Americano - Uruguai





CAMPEONATO SULAMERICANO 

SALTO - URUGUAY

Termas de Arapey


O primeiro Campeonato Sul Americano no Uruguai foi realizado (quase) em Montevidéu.
A delegação brasileira, completa com dirigentes e esportistas, compareceu na hora estabelecida no Campo de Marte em SP. Fomos transportados por um DC-3 do Correio Aéreo. Viagem  tranquila, todos felizes, chegamos em Montevidéu. Desembarcamos com nossos materiais, vimos o avião dar uma volta e retornar para o Brasil. Beleza. Esperamos pelos dirigentes uruguaios por alguns minutos, e vimos chegar correndo um deles. Nos informou que o Campeonato foi cancelado,  por ter ocorrido uma greve geral no país. Ainda vimos o nosso DC -3 voltando e ouvimos que ele viria nos retirar dali uma semana. Que bela história, tivemos que nos cotizar para pagar as despesas de hotel e alimentação, sem ter nada a fazer na cidade. 

 Um belo dia estou no escritório e me chamam no telefone o Ministro da Aeronáutica do Uruguai. Só poderia ser trote. Atendi com certa displicência: "Em que posso ser útil Sr. Ministro?"...
- "Sr. Nutini estou lhe telefonando para fazer um pedido: alguns dirigentes aeromodelistas uruguaios informaram que vocês tem organizado bons Campeonatos Sul Americanos. Gostaria muito de realizar o próximo Campeonato aqui em Salto, contando com sua organização. É meu desejo prestigiar o aeromodelismo, pois sei  que  esse esporte  inocula o vírus da aviação em nossos jovens. E nós precisamos muito dessa injeção. Posso contar contigo?"

Surpreso pelo inesperado telefonema e convite, respondi que seriam necessárias várias providências tais como:
1 - ter local apropriado para cada prova;
2 - alojamento para  aproximadamente 150 pessoas;
3 - alimentação todos os dias nos alojamentos e no campo;
4 - transporte interno;
5 - local apropriado para autoridades civis e militares na abertura e encerramento;
Quando considerar as solicitações viáveis, gostaria de fazer uma vistoria no local para saber das reais possibilidades de ocorrer um Campeonato de tal magnitude, complexo, quando diversas nações do continente certamente estarão presentes.

 Resposta: " Peço a gentileza de comparecer tal dia e tal hora, no balcão da PLUNA no aeroporto de Congonhas, para retirar sua passagem e o estarei aguardando no Ministério".

Fim de papo. Não era trote. Assim, no dia acertado lá estava eu com vários dirigentes aeromodelistas locais e o Sr. Ministro. Sem mais delongas, fui informado que iriamos ao local onde eventualmente se realizaria o Campeonato. De Montevidéu fomos de automóvel até Salto, e lá direto para "Termas de Arapey".  Local bonito, tipo balneário, onde havia alojamento e tudo o necessário para acomodar os participantes inclusive com piscinas de água quente natural à disposição.

Na volta, de imediato telefonei para os dirigentes argentinos, os irmãos Cromberg, falei sobre o convite e se podia contar com eles na organização. Felizes com a noticia, se dispuseram para o que fosse necessário e assim os encontrei desde o primeiro dia de nossa chegada ao local.

Mais uma vez contamos com a valiosa colaboração do DAC, que providenciou um avião do Correio Aéreo para nos transportar. Entreguei um convite especial do Ministro uruguaio ao nosso diretor geral  do DAC.
Com tudo organizado e com a presença de todas as nações continentais presentes (fiz o convite através de Radioamador, PY2-EDG, da qual fui apaixonado), no dia da abertura oficial do Campeonato, chegou a Salto um avião especialmente  para trazer as autoridades brasileiras.
Um bonito  palanque com muitos  representantes de orgãos oficiais do Uruguai e dos países convidados, discursos de agradecimento e um  bom público presente. Oficialmente declarado aberto o Campeonato Sul-americano informamos que haveria uma demonstração de aeromodelismo. De quem seria esta apresentação...? da nossa  Esquadrilha Senta Pua. Um verdadeiro sucesso pela ousadia das manobras e uma amostra das várias modalidades que seriam disputadas. Nosso diretor da equipe, Celio Pinho, convidou o Sr. Ministro para que no centro da apresentação pilotasse um modelo rádio controlado que já estava no ar. Após  algumas instruções de funcionamento do transmissor, lá ficou o Brigadeiro tentando fazer  piruetas. Em poucos minutos o modelo ficou "maluco" e parecia que iria se estatelar no solo. Assustado o Ministro tratou de devolver novamente o transmissor antes que acontecesse o pior. Com calma o Celio informou que era uma brincadeira dos rapazes. O verdadeiro transmissor estava  na mão de outro aeromodelista ao lado, que escondido comandava o aparelho. Tudo ficou em santa paz. Pedido desculpas ao Ministro, que prontamente aceitou e mostrou-se feliz por não ter quebrado nada. O  público bem como todos no palanque se divertiram muito com a apresentação desses loucos, arrancando prolongados aplausos. Para os que puderam estar presente no evento certamente levaram  boas recordações desse Campeonato Sul-americano e da acolhida dos uruguaios. Brasil e Argentina dividiram grande parte dos troféus em  disputa, mas todos os países saíram felizes pela participação e congraçamento.
Na despedida o Sr. Ministro além dos elogios mostrou-se muito interessado em realizar outro campeonato   nos  mesmos moldes em sua terra natal.  Ficou com nossa promessa.




Esta é uma foto da chegada de nossa delegação a Termas e Arapey - Uruguai 
O transporte foi oferecido pelo antigo DAC - e efetuado pelo Correio Aéreo Nacional (CAN)