segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

AEROMODELISMO - MODELISMO


Aqui estou eu tentando escrever algo interessante sobre uma pergunta constante em nossos meios de comunicação sobre o titulo do artigo : "Como começar ? Onde ?.

Leio com atenção a bela revista Hobby News bem como acompanho a página da Internet do E-Voo. Alias como estou meio preso em meu apartamento já por mais de dois meses, (oh  praga de operação), peço a ajuda de meus amigos para me enviarem outros títulos que eventualmente não conheço.

Ao escrever estas primeiras linhas, tenho que concordar com meu medico.
Devo esperar um pouco mais  pois  tenho uma leve tontura proveniente dos remédios que estou tomando. Até para revisar o que escrevi está difícil. Peço que me desculpem, e assim que a coisa melhorar, voltarei ao assunto.
Walter -  wnutini@globo.com


Hoje 03/06/2013 - fui liberado para escrever nosso blog. Operado dos quadris, já ando direitinho.

Bem amigos deste blog, "após um longo e tenebroso inverno" - (este é um titulo de livro) volto a estas páginas para dar continuidade ao artigo "como começar".

O universo avançou muito em tecnologia radio-controlado. Como se produz em alta escala todos o produtos necessários para um aeromodelo, é evidente que as varias modalidades da pratica estão também ganhando preferencia dos aeromodelistas. O custo baixou muito e está ao alcance da maioria dos praticantes. O equipamento  eletrônico simples equivale a uma boa bola de futebol.

Acho que o mais importante é saber onde se praticar o hobby. Analisando os tipos de uso talvez tenhamos encontrado o melhor caminho, por exemplo: U-Control ou VCC - Voo circular controlado.

O local deve ter um espaço de uma pista circular com no mínimo 50 metros de diâmetro. Em qualquer cidade é fácil encontrar tal espaço e se possível encontrar uma já asfaltada para a pratica. Em geral há bons clubes, como em São Paulo o CASA em Santana ao lado do clube Esperia.
É um ótimo clube com dirigentes apaixonados, que dedicam seus fins de semana a organizar e ensinar quem quer que apareça a pilotar um modelo prontinho para testes.
Este Clube, tem uma das provas anuais mais interessantes.
 Numa data pré-determinada logo cedo distribuem a quem se inscrever,  caixas de madeira onde transporta-se cebolas. E é só. Vários grupos são formados e com este material até o fim da tarde do dia anterior à prova de voo, constroem seu aeromodelo do tamanho e formato que bem lhes aprouver. Trazem seus motores Glow, colas, lixas, e vão apara o oficina do clube onde ferramentas e maquinas não faltam. Uma loucura.

No dia seguinte logo cedo começam o voos os quais  são avaliados por juízes competentes. Uma variedade enorme de estilo e tipos, criação de cada competidor e a maioria voam muito bem.

Na modalidade do VCC são praticados os voos de acrobacia, velocidade, escala, corrida em conjunto e combate. As provas de Combate são sensacionais,   disputadas nas chamadas australianas com mais de 4 concorrentes  juntos dentro do circulo,  são o delírio do público e não duram muito, com quase todos os modelos se espatifando no solo. A Equipe Senta-Pua da  ABA já comentada neste blog, fazia a festa nas exibições quando da abertura de Campeonatos.

Para quem quiser saber mais detalhes das modalidade de VCC, tenho um filme a disposição e podem ser solicitados através de meu e-mail
 wnutini@globo.com